sexta-feira, junho 30, 2006

Viagens Aventura Brasil - Rafting Ibirama

Viagens Aventura Brasil - Rafting Ibirama

quinta-feira, junho 29, 2006

Viagens Aventura - Austrália - Queensland

Viagens Aventura - Austrália - Queensland Viagens Austrália - Queensland norte é um paraiso para aqueles que procuram aventura. Esta bonita região é áspera e tem montanhas, Florestas tropicais, planicies, rios, praias, bem como o recife de barreira grande.

Esta diversidade cría oportunidades em larga escala para actividades de aventura.O clima tropical permite que a maioria destas aventuras esteja disponível o ano todo.



Lista de aventuras disponiveis

Excursões Cultural Aboriginal
ATV Riding Bicycle Touring
Bungy Jumping
Estadia em Quintas e Ranchos
Pesca
Hiking/Backpacking
Montar a cavalo
Baloes de Ar quente
Motociclismo
Mergulho
Mountain Biking
Excursões a natureza e vida selvagem
Voos de helicopetro e avião
Rafting
Rainforest
Safaris
Kayaking no mar
Paraquedismo

Para saber mais detalhes e informações ou até construir o seu plano de viagens de aventura na Austrália consulte o seguinte Links : Austrália divethereef

quarta-feira, junho 28, 2006

Dicas Portugal - oporto wine - Vinho do Porto

O Vinho do Porto é indiscutivelmente o mais conhecido e apreciado de todos os vinhos. É degustado principalmente como aperitivo e, por suas propriedades digestivas, também após as refeições. Porém faz bonito também na panela, existem inúmeras receitas portuguesas que utilizam a bebida a fim de ressaltar o sabor de carnes, aves, peixes e grãos.

Produzido no Douro, primeira região demarcada de vinhos do mundo, é um "fortificado", devido a adição de aguardente vínica. Isso faz com que, obviamente, o teor alcoólico seja mais alto (entre 18º e 20º), além de torná-lo mais doce, já que metade do açúcar não chegou a ser transformada em álcool, pois a aguardente interrompe o processo de fermentação.

Alto teor alcoólico, doce e licoroso, essas são as características mais populares do Porto, porém são nove os estilos diferentes para a sofisticada bebida. No que diz respeito ao paladar, é possível encontrar de extra-secos aos muitos doces, quanto ao tipo, existem os brancos e tintos, estes ainda podem ser retintos, rubis, aloirados e aloirados-claros. O envelhecimento desse tipo de vinho pode-se dar de duas formas: em casco de madeira ou em garrafas.

Destacamos o Porto Taylor´s Vintage 1994, considerado em 1997 o melhor vinho do ano pela Wine Spectator, revista especializada americana.

terça-feira, junho 27, 2006

Roteiro - Restaurante Furnas do Guincho - Lisboa

Roteiro -  Restaurante Furnas do Guincho -  LisboaRestaurante Furnas

Este restaurante reúne duas vantagens , a vista do oceano atlântico e a natureza inexplorada do guincho.

Neste restaurante situada perto de Lisboa é possível saborear uma refeição com traquilidade. Tem uma qualidade elevada, não sendo um restaurante de luxo. O horário é agradável , não fechado entre o almoço e jantar.



Os peixes fresco e marisco são a grande especialidade

Algumas Especialidades:

Peixe ao sal
Arroz de marisco (suculento), de uma caldeirada, uma cataplana e de
espetadas várias (lulas, chernes, camarões)
pargo no forno
Dourada
Cherne apetitoso

Excelente Carne para os que não apreciam peixe

A lista de vinhos e bebidas espirituosas é interessante a roçar o bom .

Informações úteis:

Endereço: Estrada do Guincho - Cascais
Telefone: 21 486 9243 – Fax: 21 486 1183
Cozinha: Tradicional Portuguesa
Horários: 12h 30 - 23 h
Estacionamento: Parque
Reserva: Aconselhável aos fins-de-semana
Valor médio refeição: 35 Euros

segunda-feira, junho 26, 2006

Dicas de viagem - Londres - Restaurante The Ivy

Restaurante The IVY - Londres

Este é o restaurante londrino onde se passeiam mais celebridades internacionais. Ao ir a este restaurante é quase certo que na área aconchegante de refeição nós sentemos ao lado das pessoas mais vip do mundo (A-list).

Uma das razões para escolherem este restaurante, passa pela sua lista de refeições diversa e com glamour que parece satisfazer diferentes paladares.

Este restaurante da prioridade as celebridades, sendo que as reservas para pessoas fora da A-list, chega a ter de ser feita com 6 meses de antecedência


Algumas Especialidades:

Crab and oysters
Hors d'oeuvres incluindo sautéed foie gras
Steak tartare and acorn fed black iberico ham.
Pousse spinach & Roquefort salad
soup crab bisque
Ivy hamburger

A lista de vinhos e explendida.

Informações úteis:

Endereço: 1 West Street, Covent Garden, London, WC2H 9NQ Map Nearest Tube: Leicester Square
Telefone: 0871 2238001
Cozinha: British
Horários: Todos os dias das 12:00 - 15:30 17:30 - 00:00
Valor médio refeição: 40 libras

Viagens Cuba

Viagens CubaAterrar em Havana não é a simples chegada a mais um destino de férias, tal como tantos outros existentes por este globo fora.

Não, aterrar em Havana é algo de muito especial, é abrir uma janela e respirar séculos de cultura e de história, é sentir no ar que estamos provavelmente na capital da ilha mais carismática do planeta: Cuba, terra do Fidel, do Mambo e dos melhores charutos do mundo.

A sua história perde-se no tempo. Havana nasceu em 1519, numa altura em que os navegadores europeus davam um ar de graça um pouco por toda a América Central.


Em 1492, Cristóvão Colombo já tinha chegado à ilha, pensando que estava no Japão.

Em 1607, Havana é oficialmente declarada a capital de Cuba.

O ano de 1952 marca a chegada ao poder do general Fulgencio Batista, que estabelece uma forte ditadura ao serviço dos interesses dos Estados Unidos. Durante sete anos, Havana e a península de Varadero transformaram-se em estâncias de luxo das mais abastadas famílias norte-americanas com a Florida, a menos de cento e cinquenta quilómetros de distância. Entretanto, um movimento revolucionário - com Fidel Castro e "Che" Guevara à cabeça - começa a ganhar forma e, a 1 de Janeiro de 1959, a revolução triunfa. Batista é deposto e Fidel assume os destinos daquele pequeno país. Até hoje. Como represália, os Estados Unidos impuseram um embargo económico à ilha. Até hoje também.

Desde então pode-se dizer que Cuba literalmente parou no tempo. O seu maior estigma e também o seu maior encanto é precisamente este.

O ex-líbris de Havana é o bairro histórico, a "Havana velha", declarada Património da Humanidade pela Unesco, em 1982, e que tem vindo a ser restaurada com dinheiros da comunidade internacional. Aqui temos ao nosso alcance, num raio de acção bem pequeno, uma lista imensa de locais a visitar, sejam de interesse arquitectónico, cultural ou simplesmente social.

Desde a Calle Obispo, uma das ruas principais, pedestre e repleta de edifícios coloniais, à Catedral de "La Habana", ou de "San Cristóbal", como os cubanos a intitulam. A sua fachada defende o esplendor da arquitectura barroca em Cuba. As duas torres que ladeiam a nave principal são surpreendentemente diferentes uma da outra, pormenor que contrasta com a simetria da fachada principal. É talvez o monumento mais bonito de Havana.

Não muito longe, mais precisamente na "Calle Empedrado" fica "La Bodeguita del Médio", celebrizada por Hemingway. Depois de algumas horas a vaguear pelas ruas, nada como recuperar forças, tomando um "Mojito" no bar mais popular da capital. Conta-nos a lenda que originalmente La Bodeguita seria uma mercearia onde os escritores da época se reuniam à hora do almoço para troca de ideias. Hoje, o bar tem uma decoração fora do vulgar, em parte responsável pelo seu encanto. O Capitolio e uma fábrica de charutos Ao longo dos anos, todos os que por lá passaram, foram cobrindo as paredes com os seus nomes e com pequenas mensagens. O resultado é um imenso conjunto de grafitis.

O Paseo del Prado, o Museu da Revolução e o Capitolio Nacional são outros pontos de atracção, tal como o Tropicana, o cabaré mais famoso do mundo a seguir ao Moulin Rouge. De resto, tanto a música como os figurinos aparentam terem viajado dos anos cinquenta até aos nossos dias. Jovens com pouca roupa passeiam-se pelas mesas com um tabuleiro pendurado ao pescoço, cheio de tabaco a vulso para vender. Será talvez a hora de experimentar um "Puro", já que o ambiente assim o sugere. Facilmente se percebe por que motivo Cuba é conhecida pela sua música, o rum e os charutos.

quinta-feira, junho 22, 2006

Turismo - Algarve

Turismo - AlgarveAlgarve região turistica de Portugal

Clima Algarve

O clima, em toda a Região Algarvia, é mediterrânico oferecendo uma temperatura tão deliciosa em Novembro como no auge do Verão, em pleno mês de Agosto. Senão vejamos: a temperatura média do ar situa-se entre os 12,2º no Inverno (Janeiro) e os 30º no Verão (Agosto).

A temperatura da água do mar no Algarve oscila entre os 14,3º em Janeiro e os 21,3º em Setembro. Em termos de tempo solar, o Algarve usufrui de qualquer coisa como 3.065 horas de Sol durante os 365 dias do ano.

A Praia e o magnífico Sol que as cobre constitui a principal atracção, motivo pelo qual o Algarve se transformou nos últimos 15 anos na principal região receptora de turismo do nosso país.

Os empreendimentos no Algarve são vocacionados para a recepção do turismo começaram a implantar-se na região há perto de trinta anos e hoje, quer os empreendimentos de Vale do Lobo e da Quinta do Lago, sediados na Freguesia de Almancil, quer outros mais recentes que se têm implantado em todo o litoral oferecem aos seus clientes condições ímpares em todo o mundo.

As suas atracções:

A litoral, estão das mais belas e acolhedoras praias do mundo, apoiadas por unidades hoteleiras que proporcionam aos seus clientes excelentes condições de habitabilidade, complementadas pelos requintados serviços que estão aptas a prestar.

Os magníficos campos de golfe que se estendem por toda a região do Algarve, completam a oferta a litoral.

No interior do Algarve, são as belas paisagens, a gastronomia, os produtos naturais e os hábitos tradicionais, a base da oferta turística, muito apreciada por todos os visitantes.

O artesanato é outra das grandes valências existentes na região, oferecendo produtos naturais e genuínos, como o mel, o pão caseiro, o azeite e a aguardente de medronho, entre outros. Utensílios tradicionais que ainda hoje são fabricados pela mão do artesão local, completam a oferta tradicional e característica do Algarve.

Desfrute o que o Algarve tem de melhor. Durante a época baixa, pode visitar o interior ou os campos de golfe, no barrocal ou na serra, junto dos produtos tradicionais ou nos acontecimentos - festas populares e religiosas, encontrará um outro Algarve bem mais genuíno e tradicional que, estamos certos, lhe agradará totalmente.

quarta-feira, junho 21, 2006

Viagens Aventura - Fernando de Noronha

Viagens Aventura - Fernando de NoronhaO Arquipélago de Fernando de Noronha segundo a definição de Américo Vespúcio - “ o paraíso é aqui”.

E ao que parece ele tinha razão. Com as suas areias douradas, o mar em tons de azul-turquesa e verde-esmeralda, pontilhadas pelos recifes e corais, Fernando de Noronha é o verdadeiro cenário do paraíso. A ilha Fernando de Noronha pode ser explorada a pé, a cavalo ou de barco. Este é um destino que não pode faltar no roteiro de um verdadeiro aventureiro.

Mais Informações de Fernando Noronha Veja aqui.

terça-feira, junho 20, 2006

Viagens cabo Verde - Viagem Praia

Cabo verde

Para entrar no Arquipélago, o turista deve possuir passaporte e um visto emitido por um consulado de Cabo Verde no país de origem (também pode adquirir o seu visto à chegada). Os grupos organizados de turistas são isentos de vistos quando comunicam com antecedência a sua visita através de uma agência de viagens local.

A entrada de animais de estimação, plantas, armas e veículos de importação temporária está condicionada por legislação apropriada.

A movimentação de barcos de recreio é controlada pelas Capitanias dos Portos.

Mais informações sobre Cabo verde


domingo, junho 18, 2006

Polinésia Francesa

No meio da imensidão do Pacífico, que é como quem diz, no meio do nada, nasceu o que se parece com um paraíso na terra, sendo que de terra também tem muito pouco.

Chama-se Polinésia Francesa e é uma região composta por 118 ilhas verdadeiramente paradisíacas. Está longe de tudo (o país mais próximo é a Nova Zelândia, a 4000 quilómetros de distância), mas é difícil não notar, já que se trata de uma área equivalente a metade do Brasil.

As ilhas são exactamente o que seria de esperar, um cenário de praias deslumbrantes, com a vantagem de poderem ser vistas do alto das suas montanhas e picos, características de uma região que resultou de erupções vulcânicas. Dos cinco arquipélagos, destaca-se o da Sociedade, mais famoso e conhecido pelas suas ilhas. O Tahiti é a maior da região, mas Bora Bora e Moorea também fazem parte dos destinos de eleição dos amantes de praias de excelência. Areias muito brancas, um mar pintado por um chão de corais, coqueiros e vegetação tropical atraem turistas de todo o mundo.

Bora Bora serve os mais românticos, uma ilha afrodisíaca, onde se concentram os que dedicam mais tempo ao amor, não fosse esta ilha conhecida pelas suas noites mágicas, quase todas de núpcias.Podem fazer-se passeios de helicóptero, de canoa ou a pé, mergulho, ou vela e, se tiver coragem, pode até alimentar tubarões, mas se não quiser fazer nenhum dos programas disponíveis para turistas, experimente seguir o rasto das flores. Estão por toda a parte, de todas as cores e feitios.

Vai perceber a importância que têm para os polinésios, logo à chegada ao aeroporto, no ritual de boas-vindas, onde as nativas oferecem colares dessas mesmas flores. São jardins que crescem na alma dum povo, que celebra a benção das pequenas maravilhas da Natureza.

quinta-feira, junho 15, 2006

Viagem Barcelona

Viagem Barcelona As comemorações dos 150 anos do nascimento do arquitecto catalão Antoni Gaudí, no próximo dia 25 de Junho, poderão ser um excelente pretexto para passar uns belíssimos dias em Barcelona. Existe varias exposições previstas sobre a obra de Gaudí.

Virada para o Mediterrâneo, Barcelona soube crescer de uma forma ordenada e integrada. Este crescimento conheceu as suas raízes no projecto urbanístico concebido em 1856, cuja filosofia assentou na integração das aldeias próximas, derrubando as muralhas medievais e abrindo a cidade às zonas circundantes.

Bairros tão diferentes como o bairro Gótico, o mais antigo de Barcelona, e o bairro El Eixample, construído durante a terceira metade do século XIX e que é hoje o centro de Barcelona, coexistem em perfeita harmonia. Para isso contribuiram arquitectos como Gaudí, Domenech i Muntaner ou Puig i Cadafalch.

Passear pelo bairro Gótico é obrigatório para apreciar a zona velha da cidade. Com ruas estreitas, repletas de monumentos históricos, restaurantes, bares e pensões de várias categorias, alberga no seu interior a catedral, o Museu de História da Cidade para além das torres gémeas semicirculares, único resquício das muralhas medievais e que pode encontrar na Praça Nova.

Bairro Ribera, o mais agradável da cidade com a sua atmosfera fresca e agradável que deverá apreciar procurando uma esplanada numa das muitas praças existentes. É nestas imediações que se encontram os palácios particulares mais imponentes da cidade, como o palácio Dalmases, o Palácio dos Marqueses de Llió, ou o Palácio Aguilar. Os mais antigos datam do século XIV. O Palácio Aguilar é hoje o Museu Picasso. Dentro desta mansão do século XV, toda em pedra nitidamente medieval, pode encontrar obras dos primeiros anos de trabalho do pintor, entre as quais se encontra a série "As Meninas", inspirada na pintura de Velásquez.

Ainda neste bairro, na rua Amadeu Vives, escolhido para Património Mundial pela UNESCO, está o Palácio de Música Catalã, obra modernista e a mais conhecida do arquitecto Domènech i Montaner. Esta sala de concertos, construída em 1908, é de uma beleza esmagadora e opulenta onde salta à vista um tecto de vitrais em forma de cúpula invertida.

Mas Barcelona não vive só dos turistas. Vive também para o desenvolvimento económico e social. Conhecida como a cidade das Feiras e dos Congressos, alberga hoje mais de duas mil empresas estrangeiras e consegue arrecadar cerca de 20% do total do investimento estrangeiro em Espanha. Entre convenções, congressos, simpósios, jornadas e cursos de formação, foram à volta de mil os eventos deste género organizados durante o ano de 2000 e que chamaram à cidade mais de 135 mil pessoas e que em conjunto com os visitantes desse ano deram a Barcelona uma receita de cem mil milhões de pesetas.

Para o desenvolvimento cultural, económico e arquitectónico da cidade contribuiram duas exposições universais, a primeira em 1888, a segunda em 1929 e os Jogos Olímpicos de 1992. No horizonte encontra-se ainda Barcelona 2004, Fórum Universal da Cultura.

E porque os pólos de interesse são tantos e tão variados, há sempre algo de novo para ver. Para conhecer bem a cidade saboreie-a lentamente e revisite-a sempre que possível pois vale a pena.

quarta-feira, junho 14, 2006

Viagens Algarve - Alvor - Portugal

Apartamentos Algarve - AlvorA 8 quilómetros de Portimão, Alvor foi um importante porto enquanto sob jungo dos mouros. Originalmente criado pelos cartagineses, em cerca de 436 dC, foi atacada e pilhada pelos cruzados cristãos em 1189, ao mesmo tempo que foram tomados Silves e Porimão. Aqui faleceu D. João II em 1495, após um tratamento nas termas de Monchique. Alvor teve um castelo, mas foi destruído aquando do terramoto de 1755.

Terra de tradição marítima e piscatória, de profundas crenças religiosas, assinaladas pela Igreja Matriz, donde se destaca o seu pórtico principal de grande riqueza decorativa, esteve desde sempre sujeita aos fortúnios da faina e infortúnios do mar. Hoje, paralelamente com a pesca de cariz artesanal, a restauração, o comércio e o turismo são as actividades económicas principais.

Alvor é muito conhecida pelas suas praias e pela sua aldeia piscatória junto à foz do rio.

O que ver
A própria vila vale por si mesma um passeio, com as suas ruas calcetadas e uma igreja do século XVI, com um magnífico portal Manuelino, com um arco redondo e motivos florais. A própria praia de Alvor oferece uma extensão de areias douradas até Porimão, e o seu local mais notável é a gruta da Praia dos Três Irmãos, escondida entre os magníficos penhascos de pedra vermelha. Mais para leste as grutas e cavernas em João de Areus ou a abrigada praia do Vau são locais a visitar.

Nos arredores: Visite a pequena vila de Abidaca, situada numa encosta, a este de Alvor, que guarda ainda vestígios da passagem dos romanos. A animada vida de Portimão encontra-se também muito próxima com inúmeros restaurantes e bares.

segunda-feira, junho 12, 2006

Pipa - Brasil - Viagens de sonho

Pipa - Brasil - Viagens de sonhoPIPA - Situada no Nordeste Brasileiro, a 80 Km de Natal ( Capital do Rio Grande do Norte).

As praias de Pipa - Praia dos Amores, a Praia dos Afogados, a Praia do Moleque, a Pedra do Moleque, o Chapadão, a Praia da Cancela.




Para obter ais informações sobre estadia, restaurantes , bares e outras coisas Clique Aqui

sábado, junho 10, 2006

Gastronomia - Viagens São Paulo

Gastronomia - Viagens São Paulo O setor gastronômico de São Paulo conta com mais de 12.500 restaurantes . Comecando na Galeria dos Pães, nos Jardins, que fica aberta 24 horas e oferece um super festival de sopas com sabores exóticos todos os dias. Já no tradicional Consulado Mineiro está acontecendo a quarta edição do Festival de Sopas, liderado pelo chef Fernando Carneiro, na filial da Rua Cônego Eugenio Leite, em Pinheiros - São Paulo, próximo ao badalado bairro da Vila Madalena. Outra boa dica é o restaurante All Seasons, que inicia em junho o tradicional festival de fondues com diversas opções que vão desde o tradicional de queijo suíço até o de camarões crocantes, o mais pedido. O casal que pedir dois fondues ainda leva de brinde um livro do chef Christophe Besse com três receitas. E a grande novidadede São Paulo fica por conta do simpático restaurante suíço no Morumbi, Era Uma Vez Um Chalezinho, que traz o inusitado fondue de chocolate com ouro (comestível).

Na capital do estado de São Paulo a tradicional feijoada brasileira pode ser encontrada em diversos lugares. E já que o programa se tornou sagrado para muitas famílias, na cidade de São Paulo, não faltam opções. O restaurante do Bolinha oferece a autêntica e bem feita feijoada acompanhada de batida de limão. Outro programa que não pode faltar para quem está na capital é passar no Mercado Municipal para comprar queijos, salames e petit fours, além de experimentar os deliciosos sanduíches de mortadela, carne seca e o famoso pastel de bacalhau.

Na cidade de São Paulo, você encontra excelentes ambientes, como o Skye, restaurante instalado no hotel Unique que possui uma vista privilegiada para o Parque do Ibirapuera e região. É o caso também do The View, no Transamérica Flat, da Alameda Santos, e do Las Palmas, no Gran Meliá Mofarrej, todos nos Jardins. E do tradicional Terraço Itália, no Centro.

E já que um jantar romântico pede acompanhamento de bons vinhos, o grupo Fasano presenteou a cidadede São Paulo com uma henoteca situada na Rua Amauri, que foi fundada para oferecer vinhos importados diretamente das mais importantes vinícolas do mundo. As compras podem ser feitas na própria loja, pelo telefone ou pelo site. O restaurante Parrilla Argentina, localizado no bairro Planalto Paulista, também abriga uma adega fantástica e oferece aos clientes a maior carta de vinhos chilenos e argentinos do País.

Além dessa ampla área gastronômica e cultural, a cidade de São Paulo conta ainda com centenas de opções para fazer boas compras. São cerca de 70 shoppings, 240 mil lojas e mais 40 ruas de comércio especializado e feirinhas de antiguidades, como a Benedito Calixto, em Pinheiros, a Feira do Bixiga no tradicional bairro italiano, ou mesmo a feirinha do Masp, aos domingos. Para quem gosta de programas ao ar livre e quer presentes mais sofisticados, a Rua Oscar Freire, com suas lojas de grifes renomadas, é uma ótima dica. O passeio pede uma parada para um café na Cristallo ou no Café Suplicy, na Alameda Lorena, que tem opções especiais desta tradicional bebida. Também faria a diferença presentear o parceiro com os deliciosos chocolates da brasileiríssima Chocolat du Jour.

sexta-feira, junho 09, 2006

Turismo no Brasil

Turismo no BrasilApós a criação do Ministério do turismo e a implantação do Plano Nacional de Turismo, o Brasil conseguiu atingir um crescimento por volta dos 17,37% entre os anos de 2004 e 2005. Este alto índice deve-se à política de incentivo ao turismo interno e pelo câmbio favorável.

O Brasil é conhecido internacionalmente pelas suas exuberantes praias; pelo seu clima diversificado (no norte predomina o calor e à medida que se atinge o sul, o frio se intensifica), assim como por outros atrativos como o futebol e o carnaval.

O fluxo de turistas vindos do exterior é originário de países europeus como Portugal, Alemanha, França, Itália, Inglaterra, Espanha, Suécia e também dos países americanos como a Argentina, Colômbia ou do longínquo Japão.

A região metropolitana de São Paulo é a terceira maior do mundo. A cidade conta com um grande acervo de bares e refinados restaurantes, hotéis e teatros. Palco de grandes decisões econômicas, São Paulo é uma das cidades mais visitadas.

Natal, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Maceió, Fortaleza, Manaus, Brasilia, Vitória, João Pessoa, Belém, São Luis, Belo Horizonte,Florianópolis atraem atenção de milhares de turistas todos os anos.

No entanto, a quantidade de turistas que visitam o país está muito aquém do que é esperado, ocupando apenas uma modesta posição intermediária entre os países que mais recebem turistas. A falta de políticas de incentivo ao turismo, a falta de infra-estrutura e a violência são os principais motivos pelo fraco desempenho.

Fonte: Wikipédia