quinta-feira, outubro 12, 2006

Rio de Janeiro

Rio de JaneiroRio de Janeiro

O Rio de Janeiro é o mais conhecido cartão postal do Brasil.

O Rio de Janeiro tem sua imagem intimamente associada ao Pão de Açúcar, ao Corcovado, ao futebol, aos desfiles de escolas de samba e à gente bonita, alegre e bronzeada.

Encravada entre a montanha e o mar, o Rio de Janeiro é uma cidade incomum por sua geografia, e é seguramente o ponto do território brasileiro mais conhecido em todo o mundo.

Mesmo quem tem apenas um mínimo de conhecimento sobre o Brasil, ao ouvir falar do país associa-o automaticamente à "cidade maravilhosa". A capital do estado do Rio de Janeiro reúne belezas naturais que vão das praias que recortam sua costa, como as do Arpoador, Ipanema e Copacabana, a morros que marcam sua paisagem, como o Corcovado e o Pão de Açúcar.

No Rio de Janeiro fica a maior floresta urbana do mundo, a da Tijuca, inteiramente reflorestada na segunda metade do século XIX. A cidade do Rio de Janeiro é ainda um dos principais centros irradiadores de cultura nacional, berço de gêneros musicais como o choro, o samba e a bossa nova.

Muitos atribuem o jeito alegre e comunicativo do carioca à vida noturna intensa do Rio de Janeiro cidade, assim como atribuem a poesia que brota nas esquinas e o florescimento das artes à privilegiada natureza geográfica do Rio de Janeiro.

Ao lado da cidade-cartão postal, no entanto, convive uma outra cidade, a dos morros cariocas, onde despontam favelas e pobreza - mas onde também nasceu a maior manifestação popular do país, o Carnaval, festa que mistura ricos, pobres e todas as etnias numa mesma avenida. No Carnaval, brinca-se nos clubes e nas ruas e, desde 1982, o maior desfile de escolas de samba do mundo realiza-se no Sambódromo, passarela projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer.

Na capital residem 40% da população do estado - 5,6 milhões de habitantes -, distribuída em mais de 150 bairros. Alguns destes são tradicionais como o de Santa Teresa, onde se pode chegar cruzando de bonde o antigo aqueduto conhecido como Arcos da Lapa. Outros são modernos centros urbanos, como a Barra da Tijuca, à beira mar. O Rio abriga, ainda, algumas das mais categorizadas universidades do Brasil e tem mais de 60 centros de pesquisa e pós-graduação em diversas áreas do conhecimento.


Nas ruas do centro, monumentos e prédios públicos da época em que a cidade foi capital da Colônia, do Império e da República formam um dos maiores acervos culturais do país. De sua época áurea, a cidade preserva prédios como a antiga sede do Banco do Brasil, onde funciona hoje um dinâmico centro cultural, o Teatro Municipal, o Museu Nacional de Belas Artes, o Palácio Itamaraty, que foi sede do governo republicano e do Ministério das Relações Exteriores, o Museu Nacional da Quinta da Boa Vista, antiga residência imperial, o Museu Histórico Nacional e a Biblioteca Nacional, além de monumentos e belíssimos exemplares de arquitetura religiosa, como a Igreja da Candelária e o Mosteiro de São Bento.

Fonte : Ministério das Relações Exteriores - o Itamaraty

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Sem comentários: